PRAZO DE PARCELAMENTO SERÁ ANTECIPADO

prazo-contasO prazo para pedido de parcelamento de 30% para 20% da folha de dezembro/2016 deverá ser realizado nos dias 28,29 e 30 de novembro. A antecipação se dará em virtude do encerramento do ano, ocasião em que o fechamento da folha da prefeitura sofre antecipação no calendário.

Nesse sentido, para evitar prejuízos os conveniados deverão ficar atentos aos prazos, comparecendo para solicitarem o parcelamento na sede do Serv Saúde  munidos do holerite atualizado de novembro, mas caso este não esteja disponível, será aceito o do mês de outubro.

Comunicamos que não haverá expediente na sede do SERVSAÚDE 22/09/2016 (quinta-feira)

Em atendimento a CONVOCAÇÃO do SISPMUR para paralisação de todos os servidores públicos do município para ato público no dia 22/09/2016 (quinta-feira) a partir das 8h na Praça Brasil em protesto contra:

PLP 257 – LIMITA PLANOS DE CARREIRA DOS SERVIDORES PÚBLICOS (ataca os direitos dos servidores, proíbe a concessão de vantagens, reajuste de salários, limita o crescimento de outras despesas, eleva a alíquota de contribuição previdenciária dos servidores para 14% etc).

PEC 241 – CONGELAMENTO (congela os gastos públicos por 20 anos, proíbe ampliação de despesas com reajuste salarial, criação de novos cargos, reestruturação de carreiras, realização de concursos públicos etc).

PL 4567 – DESVINCULA OS ROYALTIES DE PETRÓLEO PARA EDUCAÇÃO E SAÚDE (altera as regras para a exploração do pré-sal, acaba com o regime de partilha, e dá plenos poderes ao capital estrangeiro, representando o fim da destinação dos royalties do petróleo para a Saúde e a Educação).

 

ATENÇÃO PARA MUDANÇAS DE PORTARIAS: AFASTADOS AO INSS, NOVOS APOSENTADOS OU PENSIONISTAS!

saúdeNOVOS APOSENTADOS

Com a publicação da aposentaria do servidor ocorre alteração de sua fonte pagadora (Prefeitura, IMPRO, INSS) e por essa mudança ocorre interrupção dos descontos do SERV SAÚDE na folha, assim o servidor deve ficar atento para que não haja exclusão do plano.

As informações da aposentadoria devem ser prestadas pelo próprio servidor!

Caso tenha interesse em permanecer conveniado no plano o servidor titular deve requerer na sede do SERV SAÚDE e verificar se ouve alguma interrupção dos descontos e regularizar as mensalidades.

As regras e percentuais de descontos para os aposentados da Prefeitura ou IMPRO continuam as mesmas!

AFASTADOS OU APOSENTADOS PELO INSS

Os servidores que passam a receber pelo INSS também poderão requerer pela manutenção ao plano SERV SAÚDE, com pagamento da mensalidade através de boleto bancário, contudo, devem ficar atentos aos percentuais de descontos, pois durante o afastamento a contribuição patronal (Prefeitura, CODER) não é repassada, e deve ser paga também pelo conveniado ao SERV SAÚDE, ou seja, ocorre acréscimo na mensalidade de 3% (três por cento), totalizando 6% (seis por cento) nestes casos.

PENSIONISTAS

Os pensionistas, caso manifestem interesse em continuar conveniados ao SERV SAÚDE devem apresentar a documentação exigida e autorizar os descontos em folha, permanecendo no SERV SAÚDE durante o período em que perceberem o benefício.

 

DOCUMENTAÇÃO EXIGIDA PARA MANUTENÇÃO:

  • Requerimento em formulário padrão do SERV SAÚDE;
  • RG, CPF, certidão de nascimento ou casamento, comprovante de endereço (atualizados, originais e 01 cópia);
  • Carta de concessão do benefício;
  • Comprovante de rendimento atual (da nova fonte pagadora).

 

 

Veja como requerer a manutenção do plano para o filho maior de 18 anos

plano de saudeO titular poderá manter como dependente direto os filhos menores de 18 anos sem pagamento de mensalidade extra e com garantia de tabela diferenciada na coparticipação. Ao completarem 18 anos estes dependentes são bloqueados no plano automaticamente. Para evitar o bloqueio, caso desejar pela permanência do filho maior, sugere-se que o titular faça o requerimento de manutenção 30 dias antes do aniversário do dependente.

Para manutenção facultativa do filho maior de 18 e menor de 24 anos o titular deverá pagar uma mensalidade por cada filho que corresponderá a 1% (um por cento) sobre sua remuneração bruta e a coparticipação de “tabela cheia”, ou seja, 100% (cem por cento) dos procedimentos que seguem os preços do convênio.

O requerimento para inclusão do filho maior deverá ser realizado por meio de ficha de inclusão específica juntamente com a documentação exigida e declaração de dependência econômica com firma reconhecida em cartório e ser entregue na sede do SERV SAÚDE.

Liberação de Ambulâncias

ambulanciaO nosso Instituto SERV SAÚDE não conta com coparticipação na cobertura de remoção de pacientes conforme disposição expressa em nossa Lei 4.616/2005 (art. 9º, § 10), sendo que o titular arca com 100% do valor.  Contudo, o SERV SAÚDE mantém contrato firmado com a CARMED e SOMED para garantir um preço diferenciado possibilitando ao titular um valor reduzido.

Esse valor garantido inicialmente pelo SERV SAÚDE que paga o serviço; e depois é realizada a cobrança na folha de pagamento do titular, respeitados os percentuais de descontos (máximo 30% sobre remuneração bruta).

Contudo, cabe ao titular observar algumas regras e condições da nossa Instrução Normativa nº 25 de 02/12/2011, norma que regulamenta a utilização de serviço de remoção e ou transferência aos segurados e seus dependentes regularmente credenciados ao nosso plano.

  • A liberação e ou remoção ocorrerá mediante solicitação médica com a justificativa e o tipo de ambulância nos limites do Município de Rondonópolis-MT.
  • Os valores do Serviço de Transporte e ou Remoção contratados não prevê atendimento na modalidade Home Care.
  • Os Serviços utilizados na Remoção e ou Transportes serão arcados integralmente pelo Segurado Titular.